NOVIDADES

Embalagens Metálicas: Aço x Alumínio

Os metais são alguns dos materiais mais antigos em uso pelo ser humano. Nas embalagens modernas, os mais utilizados são o alumínio e o aço inox.

Muito leves e duráveis, essas embalagens se destacam pela praticidade do transporte e pela durabilidade nas prateleiras. Além disso, ambas são completamente recicláveis, agregando um componente ambiental que é muito valorizado no mercado.

Outras vantagens são: a facilidade de moldagem em vários formatos e tamanhos, a resistência a grandes empilhamentos e a proteção oferecida ao conteúdo.

Porém, apesar de semelhantes a olho nu, o aço e o alumínio apresentam características distintas que tornam cada um mais adequado a determinado uso.

 

Latas de Aço

As latas de aço, cuja composição se dá por meio das folhas de aço (folha de flandres – um composto de ferro e estanho) são amplamente utilizadas em embalagens que contêm alimentos, bebidas, tintas e também produtos químicos, por ser um material que proporciona maior proteção e isolamento do meio externo. Tem como principal atributo atender às restrições de resistência, conformação, revestimento e acabamento.

Sua capacidade de proteção é equivalente àquela das embalagens de vidro, com a vantagem de que o aço forma uma barreira natural contra a luz. Além disso, com a utilização de uma camada elástica oferece ainda mais proteção aos materiais acondicionados. Pois, ainda que seja elástica, essa espécie de película é altamente resistente às deformações. Por exemplo, durante a colocação da tampa, a lata de aço sofre uma “deformação”, mas isso não gera qualquer prejuízo ao conteúdo.

E são essas propriedades flexíveis que viabilizam a produção de latas com o design diferente, como é o caso do leite condensado da Nestlé (Leite Moça), assegurando que, mesmo com a superfície “deformada”, o alimento não sofra nenhum tipo de contaminação.

Latas de Alumínio

As latas feitas de alumínio são um bom exemplo de tipos de embalagem de metal não ferroso. Em geral, são utilizadas para acondicionar bebidas como cervejas, sucos, chás e refrigerantes.

A primeira lata de alumínio foi usada pela empresa Reynolds Metals Company, em 1963, nos EUA. Época em que serviu de embalagem de um refrigerante de cola diet de nome “Slenderella.” A Royal Crown também implementou a lata de alumínio em 1964 na sua produção, sendo seguida no ano 1967 pela Coca-Cola e pela Pepsi.

É um material leve, maleável, resistente e durável, e por isso mostra uma excelente performance em suas diversas aplicações.

 

Fonte: blog.sulprint.com.br